Últimas Notícias

Serasa Consumidor

Queda nas recuperações judiciais chega a 30% entre janeiro e abril, diz Serasa

04/05/2017

Estudo que compara os quatro primeiros meses de 2017 e 2016 também revela que as micro e pequenas empresas foram as que acumularam mais pedidos, com 249 solicitações

Entre janeiro e abril deste ano, o Brasil teve queda de 30,3% no número de recuperações judiciais requeridas em relação aos quatro primeiros meses de 2016. Foram 398 solicitações no primeiro quadrimestre de 2017 contra 571 no mesmo período do ano passado. Os dados são do Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações.
As micro e pequenas empresas seguem liderando o ranking de solicitações de recuperação judicial, com 249 pedidos no acumulado do ano (janeiro a abril/2017). Em igual intervalo de 2016, haviam sido registradas 327 solicitações de recuperação das MPEs. Já as médias empresas foram responsáveis por 94 pedidos entre janeiro e abril/2017 (149, entre janeiro e abril/2016) e as grandes empresas acumularam 55 pedidos no período este ano e 95 no mesmo período de 2016.
Em abril de 2017 houve queda de 53,1% nos pedidos de recuperações judiciais requeridas em relação a abril de 2016. Foram 76 solicitações em abril/2017 contra 162 em abril do ano passado. Já em relação ao mês imediatamente anterior, março/2017, quando foram apuradas 125 solicitações, a queda foi de 39,2%.
A maioria das requisições de recuperação, em abril/2017, foi feita por micro e pequenas empresas (48), enquanto as médias empresas somaram 23 requerimentos e as grandes companhias, 5.
De acordo com os economistas da Serasa Experian, a retomada gradual do crescimento da economia combinada com a redução das taxas de juros e da inflação, estão contribuindo para diminuir a quantidade de pedidos de recuperação judicial no país.
Falências
O indicador também apontou que, entre janeiro e abril/2017 foram requeridos 500 pedidos de falências, número 4,4% inferior ao apurado no mesmo período do ano anterior, quando ocorreram 523 solicitações. Do total de requerimentos de falência efetuados entre janeiro e abril de 2017, 255 foram de micro e pequenas empresas (no mesmo período de 2016 haviam sido 271 no segmento); 104 foram de médias empresas (101 entre janeiro e abril de 2016) e 141 pedidos de grandes empresas (122 para os meses correspondentes em 2016).
Em abril de 2017, ocorreram 106 pedidos de falência requerida, decréscimo de 34,2% em relação a março/2017 (161) e de 19,7% em relação a abril de 2016 (132). As micro e pequenas empresas foram responsáveis pelo maior número de pedidos de falência em abril/2017: 47. Em seguida, as grandes, com 34 solicitações, e as médias, com 25.
*Confira abaixo tabela completa com os números de falências e recuperações:


Legenda:
Recuperação Requerida: Quando a empresa entra com o pedido de recuperação em juízo, acompanhado da documentação prevista em lei, e que será analisado pelo juiz. Neste momento, verificará se o pedido poderá ser aceito.
Recuperação Deferida: A documentação foi analisada pelo juiz e está correta e o pedido pode prosseguir para a próxima etapa, que será a apresentação do plano de recuperação, mas isso não significa que a recuperação será concedida.
Recuperação Concedida: Uma vez que passou por todos os passos e cumpridas às exigências de lei, foi acatado o pedido, quando a empresa permanecerá em recuperação judicial até que se cumpram todas as obrigações previstas no plano.
A série histórica deste indicador está disponível em:

http://www.serasaexperian.com.br/release/indicadores/falencias_concordatas.htm

Metodologia
O Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações é construído a partir do levantamento mensal das estatísticas de falências (requeridas e decretadas) e das recuperações judiciais e extrajudiciais registradas mensalmente na base de dados da Serasa Experian, provenientes dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos estados. O indicador é segmentado por porte.

Serasa Experian
A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à Experian Company em 2007. Responde on-line/real-time a 6 milhões de consultas por dia, auxiliando 500 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio. É a maior Autoridade Certificadora do Brasil, provendo todos os tipos de certificados digitais ICP-Brasil, tornando os negócios mais seguros, ágeis e rentáveis.

Constantemente orientada para soluções inovadoras em informações para crédito, marketing, identidade digital e negócios, a Serasa Experian vem contribuindo para a transformação do mercado de soluções de informação, com a incorporação contínua dos mais avançados recursos de inteligência e tecnologia.

Para mais informações, visite www.serasaexperian.com.br

Experian

A Serasa Experian é parte da Experian, líder mundial em serviços de informação, fornecendo dados e ferramentas de análise a clientes ao redor do mundo. O Grupo auxilia os clientes no gerenciamento do risco de crédito, prevenção a fraudes, direcionamento de campanhas de marketing e na automatização do processo de tomada de decisão. A Experian também apoia pessoas físicas na verificação de seus relatórios e scores de crédito e na proteção a fraudes de identidade.

Em 2016, a Experian foi eleita, pela terceira vez, pela revista Forbes como uma das companhias mais inovadoras do mundo. A Experian plc está registrada na Bolsa de Valores de Londres (EXPN) e compõe o índice FTSE 100. A receita total para o ano fiscal encerrado em 31 de março de 2016 foi de US$ 4,6 bilhões. A empresa emprega cerca de 17.000 pessoas em 37 países e possui sede corporativa em Dublin, na Irlanda e sedes operacionais em Nottingham, no Reino Unido; na Califórnia, Estados Unidos, e em São Paulo, Brasil.

Para mais informações, visite www.experianplc.com ou veja o documentário Inside Experian.

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.