Últimas Notícias

Marketing Services

Virtual Target – Como fazer um “call to action” eficaz no e-mail marketing

06/02/2014

Desenhados para induzir uma ação específica, os botões de “call to action” são, cada vez mais, encontrados nas peças de e-mail marketing. Afinal, eles são a forma mais rápida para fazer com que o usuário interaja com as campanhas, gerando, assim, engajamento, relevância e, até mesmo, maior relacionamento entre a empresa e o público-alvo.

Além disso, os botões de “call to action” também são responsáveis por prover benefícios mútuos, tanto para o usuário quanto para a empresa, como dar maior foco à sua mensagem, uma melhor forma de mensurar o resultado das ações, além de dar instruções de direcionamento para o usuário dentro da sua peça.

Por conta disso, a Virtual Target dá dicas de como levar maior eficiência ao “call to action” das campanhas de e-mail marketing:

Guie o usuário – Os usuários não sairão clicando em todo botão de “call to action” sem que vejam uma verdadeira necessidade. Ou seja, mostre a eles o porquê de clicar no botão e o porquê de interagir com sua peça. Próximo ao local onde o botão se encontra, explique a eles os benefícios de clicar ali.

Beneficie quem clica – Outra forma de levar efetividade ao seu “call to action” é encorajar o usuário a clicar nele. E como fazer isso? Benefícios! Crie vantagens para quem interagir. Podem ser descontos, frete grátis, brindes. O importante é fazer quem está disposto a se relacionar com sua campanha se sentir mais importante.

Seja focado – O “call to action” auxilia na função de dar foco à sua mensagem. Por isso, evite muitos botões desse tipo, pois podem causar justamente o efeito contrário, deixando o usuário confuso e com muitas variações. Limite o número de botões; mais que três já pode ser considerado um exagero.

Crie senso de oportunidade – Justamente como forma de dar direcionamento ao usuário dentro da sua campanha, o “call to action” pode se comunicar da forma que você quiser com o usuário, principalmente, criando senso de oportunidade ao seu cliente. Frases como “últimas peças”, “tempo limitado”, entre outras, podem gerar uma sensação de oportunismo ao usuário.

###

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.