Últimas Notícias

Notícias

Aposentado deve usar a primeira parcela do 13º salário para pagar dívidas do rotativo do cartão de crédito e cheque especial, orienta Serasa Experian

23/08/2013

Se não estiver enrolado com as dívidas caras, a recomendação é aproveitar o recurso extra para reduzir o endividamento com o consignado

Os aposentados e pensionistas do INSS (Instituto Nacional do Seguro Social) começam a receber na próxima segunda-feira, 26 de agosto, a antecipação da primeira parcela do décimo terceiro salário. Os economistas da Serasa Experian recomendam que os beneficiários utilizem essa antecipação do abono de Natal para quitar as dívidas mais caras, como o rotativo do cartão de crédito e o cheque especial.

Se o dinheiro não for suficiente para pagar tudo, o aposentado pode contratar um empréstimo consignado para quitar o saldo devedor restante, orientam os economistas. Do ponto de vista do crédito pessoal, o consignado possui as taxas de juros mais baixas do mercado, por isso, essa modalidade de empréstimo tem se tornado cada vez mais uma alternativa, principalmente para quem deseja trocar dívidas que mais pesam no bolso por uma mais barata.

Já os aposentados e pensionistas que têm a renda muito comprometida com empréstimos consignados, devem aproveitar a primeira parcela do décimo terceiro salário para reduzir o endividamento. Os segurados da Previdência Social demandam especialmente esta modalidade de crédito e muitas vezes a destinam para ajudar financeiramente um familiar ou amigo.

Para os que estiverem com a vida financeira em dia, a orientação é poupar todo ou parte do dinheiro extra para utilizar no abatimento de despesas futuras, como férias de final de ano, IPVA (Imposto sobre a Propriedade de Veículos Automotores)  e IPTU (Imposto Predial e Territorial Urbano). É importante lembrar que a segunda parcela do décimo terceiro salário será menor, devido ao desconto do Imposto de Renda.

Quem está pensando em emprestar o dinheiro para contratar crédito para parentes ou amigos precisa ficar atento. Por mais bem intencionada que essa pessoa possa ser, sempre há o risco de descontrole financeiro e de não pagamento. Se essa dívida estiver no nome do aposentado e virar uma inadimplência, é ele que ficará com o prejuízo. Esta prática na realidade é um tipo de empréstimo do nome, que nunca dá certo.

Se os beneficiários do INSS estiverem inadimplentes, a recomendação é procurar as empresas para negociar os débitos e limpar o nome. Para isto, é necessário organizar as dívidas que precisam ser pagas, começando pelas que têm juros mais altos. Os economistas da Serasa Experian lembram que nesta época do ano se intensificam as campanhas para a regularização de pendências e, portanto, é uma boa oportunidade para a renegociação, aproveitando os descontos e vantagens oferecidas pelas empresas.

Os economistas fazem ainda um alerta contra a ação de golpistas para o aposentado e pensionista que desejam limpar o nome. A renegociação ou pagamento da dívida deve ser feito diretamente com a empresa para a qual está devendo, sem precisar contratar intermediários.

Para conferir mais orientações e dicas sobre educação financeira, acesse o site www.serasaconsumidor.com.br

SerasaConsumidor

SerasaConsumidor é um conceito que abrange as ações da empresa para ajudar o consumidor a gerir sua vida financeira, de forma a auxiliá-lo na gestão de sua reputação creditícia para o seu bem-estar e desenvolvimento. Essas ações visam também a estreitar o relacionamento direto da Serasa Experian com o consumidor, que já acontece há décadas, com respeito e qualidade, por meio da rede de agências da Serasa Experian em todo o país. A melhoria dessa gestão compreende avanços na educação financeira com a qual o SerasaConsumidor está comprometido, para que o cidadão possa desfrutar do crédito, consumindo ou empreendendo sem incorrer na inadimplência ou no superendividamento.

Apoiando-se no slogan Use a seu favor, o SerasaConsumidor coloca a tradição e a credibilidade da Serasa Experian para gerir o histórico de crédito do consumidor, para que ele possa tomar decisões de consumo mais adequadas e favoráveis às suas finanças.

Para mais informações, visite www.serasaconsumidor.com.br

Serasa Experian

A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à Experian Company em 2007. Responde on-line/real-time a 6 milhões de consultas por dia, auxiliando 500 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio. É a maior Autoridade Certificadora do Brasil, provendo todos os tipos de certificados digitais e soluções customizadas para utilização da tecnologia de certificação digital e de Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), tornando os negócios mais seguros, ágeis e rentáveis.

Constantemente orientada para soluções inovadoras em informações para crédito, marketing, identidade digital e negócios, a Serasa Experian vem contribuindo para a transformação do mercado de soluções de informação, com a incorporação contínua dos mais avançados recursos de inteligência e tecnologia.

Para mais informações, visite www.serasaexperian.com.br

Experian

A Serasa Experian é parte da Experian, líder mundial em serviços de informação, fornecendo dados e ferramentas de análise a clientes ao redor do mundo. O Grupo auxilia os clientes no gerenciamento do risco de crédito, prevenção a fraudes, direcionamento de campanhas de marketing e na automatização do processo de tomada de decisão. A Experian também apoia pessoas físicas na verificação de seus relatórios e scores de crédito e na proteção a fraudes de identidade.

A Experian plc está registrada na Bolsa de Valores de Londres (EXPN) e compõe o índice FTSE 100. A receita total para o ano fiscal encerrado em 31 de março de 2013 foi de US$ 4,7 bilhões. A empresa emprega cerca de 17.000 pessoas em 40 países e possui sede corporativa em Dublin, na Irlanda e sedes operacionais em Nottingham, no Reino Unido; na Califórnia, Estados Unidos, e em São Paulo, Brasil.

Para mais informações, visite www.experianplc.com

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.