Últimas Notícias

Falências e Recuperações

Falências requeridas apresentam novo crescimento em fevereiro, revela Serasa Experian

10/03/2011

As falências requeridas registraram nova alta em fevereiro de 2011, com 134 ocorrências. Em janeiro, foram 131 e em dezembro de 2010, 124. Do total das falências requeridas em fevereiro 2011, 94 foram de micro e pequenas empresas, 34 de médias e apenas 6 de grandes, revela o Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações.

No caso das falências decretadas, também houve crescimento em fevereiro 2011, com 64 registros, na comparação com janeiro, que teve 41 registros. Das 64 falências decretadas no segundo mês do ano, 60 foram de micro e pequenas empresas, 2 de médias e 2 de grandes.

No caso das recuperações judiciais requeridas, foram 32 ocorrências em fevereiro 2011, sendo 23 de micro e pequenas empresas, 7 de médias e 2 de grandes.

Fevereiro 2011, mesmo com menor número de dias úteis, apresentou aumento das falências requeridas e decretadas na relação mensal, ante janeiro.

Segundo os economistas da Serasa Experian, a política monetária restritiva para controle da inflação e desaceleração da economia, com crédito mais caro e juros mais altos, está impactando o custo financeiro das empresas, sobretudo daquelas que carregam maior endividamento, as menos capitalizadas. Isto fica claro na análise das falências requeridas.

As micro e pequenas empresas são mais sensíveis à elevação dos custos financeiros. Da mesma forma, essas empresas apresentam evolução nas recuperações judiciais requeridas em todos os períodos de comparação, analisam os economistas da Serasa Experian.

No fechamento do 1º bimestre de 2011 em relação a igual período de 2010, todos os indicadores (falências requeridas, decretadas e recuperações judiciais requeridas) caíram.

Para os próximos meses, a situação das empresas estará condicionada à dimensão do aperto monetário, que determinará a redução da atividade econômica e os efeitos sobre o fluxo de caixa dos negócios.

*Confira abaixo tabela completa com os números de falências e recuperações.

  

Metodologia

O Indicador Serasa Experian de Falências e Recuperações é construído a partir do levantamento mensal das estatísticas de falências (requeridas e decretadas) e das recuperações judiciais e extrajudiciais registradas mensalmente na base de dados da Serasa Experian, provenientes dos fóruns, varas de falências e dos Diários Oficiais e da Justiça dos estados. O indicador é segmentado por porte.

Serasa Experian

A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à Experian Company em 2007. Responde on-line/real-time a 4 milhões de consultas por dia, auxiliando 400 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio. É a maior Autoridade Certificadora do Brasil, provendo todos os tipos de certificados digitais e soluções customizadas para utilização da tecnologia de certificação digital e de Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), tornando os negócios mais seguros, ágeis e rentáveis.

Constantemente orientada para soluções inovadoras em informações para crédito, marketing e negócios, a Serasa Experian vem contribuindo para a transformação do mercado de soluções de informação, com a incorporação contínua dos mais avançados recursos de inteligência e tecnologia.

www.serasaexperian.com.br

Experian

A Serasa Experian é parte do grupo Experian, líder mundial em serviços de informação, fornecendo dados e ferramentas de análise a clientes em mais de 90 países. A empresa auxilia os clientes no gerenciamento do risco de crédito, prevenção a fraudes, direcionamento de campanhas de marketing e na automatização o processo de tomada de decisão. A Experian plc também apóia pessoas físicas no gerenciamento de seus relatórios e scores de crédito e na proteção a fraudes de identidade.

A Experian plc está registrada na Bolsa de Valores de Londres (EXPN) e compõe o índice FTSE 100, que é o principal indicador do desempenho médio das cotações da Bolsa de Londres. A receita total para o ano fiscal encerrado em 31 de março de 2010 foi de US$ 3,9 bilhões. A empresa emprega cerca de 15.000 pessoas em 40 países e possui sede corporativa em Dublin, na Irlanda e sedes operacionais em Nottingham, no Reino Unido; em Costa Mesa, na Califórnia e em São Paulo, Brasil.

Para mais informações, visite http://www.experianplc.com

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.