Últimas Notícias

Notícias

Associação para promoção e desenvolvimento do crédito no Brasil

27/04/2010

A Associação Comercial de São Paulo, o Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro, a Confederação Nacional dos Dirigentes Lojistas, a Equifax do Brasil e a Serasa Experian anunciaram hoje, em São Paulo, a criação da Associação Nacional dos Birôs de Crédito (ANBC), uma associação civil de direito privado, sem fins lucrativos, cujo objetivo é o de contribuir para o desenvolvimento sustentável do crédito no Brasil.

Para isso, a ANBC pretende realizar estudos e ações que ajudem a promover a gestão eficaz do crédito e dos negócios no Brasil, apoiando, por exemplo, iniciativas de educação financeira. Poderá, também, desenvolver ação de apoio a autoridades governamentais, associações e órgãos diversos com vistas a assegurar um ambiente propício para o desenvolvimento do crédito, como ferramenta de desenvolvimento econômico do País. Como exemplo da importância do tema, destacam-se os cerca de 400 projetos de lei, que existem, hoje, nos âmbitos federal e estadual, sobre informações para crédito, e a ANBC pode contribuir com a experiência nacional e internacional das associadas para o aprimoramento da legislação.

O presidente da Serasa Experian, Ricardo Loureiro, ressalta a importância da criação da ANBC no atual momento da economia brasileira. “O fato de ter cada vez mais pessoas usufruindo do crédito é muito positivo, porque se traduz em melhor qualidade de vida, aquisição da casa própria, educação e realização pessoal e familiar. Torna o Brasil o sétimo principal mercado consumidor do planeta, com a perspectiva de, em breve, ser o quinto. Para a economia, o crédito promove um círculo virtuoso, que começa no financiamento do consumo e daí para a produção, gerando empregos, ampliando a renda, com disponibilidade para a poupança e, novamente, para o consumo, resultando no crescimento econômico. No entanto, essa dinâmica do crédito só é possível com o risco dimensionado e bem gerenciado, fator que promove a qualidade do crédito e a inclusão de novos consumidores neste mercado. A proposta da associação é discutir e fornecer conhecimento para assegurar o contínuo desenvolvimento do mercado brasileiro”, afirma Loureiro.

Silvânio Covas, diretor jurídico da Serasa Experian e presidente do Conselho Diretor da ANBC, destaca que “a Associação congregará os bancos de dados de proteção ao crédito que atuam no território brasileiro com a finalidade de promover estudos, pesquisas e o acompanhamento dos processos legislativos, objetivando o contínuo aperfeiçoamento do setor”.

O presidente da Associação Comercial de São Paulo, Alencar Burti, aponta que “a criação da ANBC é muito importante para o sistema de informação como grande instrumento de concessão de crédito. Toda organização desse processo contribuirá para que, cada vez mais, as informações de crédito se tornem ainda mais confiáveis. Além disso ajudará na aprovação do cadastro positivo.”

Para a Equifax, a criação da Associação Nacional dos Birôs de Crédito (ANBC) é uma oportunidade ímpar para consolidar os esforços das empresas e das entidades que atuam no setor de informações de crédito no Brasil. “A ANBC defenderá os interesses comuns de seus integrantes, o que permitirá maior difusão da contribuição do setor para a realização de negócios e, por conseqüência, para a economia. Por meio da Associação, será possível também formar um fórum de discussão que beneficiará não apenas as associadas e os usuários de seus serviços, mas especialmente os consumidores brasileiros”, afirma Marco Antonio Alvarez, presidente da Equifax do Brasil.

O presidente do Clube de Diretores Lojistas do Rio de Janeiro, Aldo Carlos de Moura Gonçalves, afirma que “o CDL-Rio sempre promoveu e participou ativamente do intercâmbio de idéias e cooperação com outras instituições na defesa dos interesses do comércio, da livre iniciativa e da sociedade como um todo. Por isso vê como bastante oportuna a criação da Associação Nacional dos Bureaus de Credito. O CDL-Rio acredita que ela desempenhará papel fundamental na defesa dos interesses dos negócios relacionados à gestão do crédito.”

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.