Últimas Notícias

Inadimplência das Empresas

Crédito ainda restrito e pagamento de 13º afetam finanças

30/12/2009

Em novembro de 2009, a inadimplência das pessoas jurídicas cresceu 9%, em relação a outubro, conforme revela o Indicador Serasa Experian de Inadimplência das Empresas. Foi a maior alta verificada na variação mensal, desde março deste ano. O pagamento da primeira parcela do 13º salário, mesmo sendo uma despesa programada, determinou um forte impacto nas finanças das empresas de setores com dificuldades de gerar receitas. As exportadoras, que esbarram no fraco crescimento do mercado externo, são um exemplo. As empresas que ainda não recuperaram o acesso ao crédito, nos patamares pré-crise, como as micro e pequenas empresas, também foram impactadas, apontam os analistas da Serasa Experian.

Já na variação de novembro de 2009 sobre novembro de 2008, a inadimplência das empresas se manteve estável, com uma ligeira queda de 0,2%. Na relação acumulada, por sua vez, a inadimplência dos negócios avançou 21,7%. Mesmo registrando evoluções no acumulado cada vez menores desde julho, a inadimplência das pessoas jurídicas está alta, reflexo ainda da crise econômica internacional, observam os técnicos.

De janeiro a novembro de 2009, o ranking de representatividade das dívidas das empresas foi liderado pelos títulos protestados, com 41,5% de participação no indicador. Nos onze meses de 2008, tal percentual foi de 41,8%.

Em seguida, com 38,7% de representação até novembro, estão os cheques sem fundos. No ano anterior, em igual período, os cheques devolvidos representaram 39,1% da inadimplência das pessoas jurídicas.

Fecham o ranking as dívidas com bancos, com 19,7% de representatividade nos onze meses de 2009, percentual maior que os 19,2% registrados de janeiro a novembro de 2008.

Valor médio das dívidas

No acumulado de janeiro a novembro de 2009, o valor médio das dívidas com bancos foi de R$ 4.576,39, com 4,3% de elevação, quando comparado com o mesmo período do ano anterior.

Os títulos protestados, por sua vez, registraram nos onze meses de 2009 um valor médio de R$ 1.744,77, o que representou um crescimento de 11,9%, na relação sobre igual acumulado de 2008.

Por fim, os cheques sem fundos tiveram, de janeiro a novembro deste ano, um valor médio de R$ 1.650,95, resultando em 25,1% de avanço, ante os onze meses de 2008.

Metodologia

O Indicador Serasa Experian de Inadimplência de Pessoa Jurídica, por analisar eventos ocorridos em todo o Brasil, reflete o comportamento da inadimplência em âmbito nacional. O modelo estatístico de múltiplas variáveis considera as variações registradas no número de cheques sem fundos, títulos protestados e dívidas vencidas com instituições financeiras.

Serasa Experian

A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à Experian Company em 2007. Respondendo on-line/real-time a 4 milhões de consultas por dia, auxiliando 400 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio. É a maior Autoridade Certificadora do Brasil, provendo todos os tipos de certificados digitais e soluções customizadas para utilização da tecnologia de certificação digital e de Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), tornando os negócios mais seguros, ágeis e rentáveis.

Constantemente orientada para soluções inovadoras em informações para crédito, marketing e negócios, a Serasa Experian vem contribuindo para a transformação do mercado de soluções de informação, com a incorporação contínua dos mais avançados recursos de inteligência e tecnologia.

www.serasaexperian.com.br

Experian

A Serasa Experian é parte do grupo Experian, líder mundial em serviços de informação, fornecendo dados e ferramentas de análise a clientes em mais de 65 países. A empresa auxilia os clientes no gerenciamento do risco de crédito, prevenção a fraudes, direcionamento de campanhas de marketing e na automatização o processo de tomada de decisão. A Experian plc também apóia pessoas físicas no gerenciamento de seus relatórios e scores de crédito e na proteção a fraudes de identidade.

A Experian plc está registrada na Bolsa de Valores de Londres (EXPN) e compõe o índice FTSE 100, que é o principal indicador do desempenho médio das cotações da Bolsa de Londres. A receita total para o ano fiscal encerrado em 31 de março de 2009 foi de US$ 3,9 bilhões. A empresa emprega cerca de 15.000 pessoas em 40 países e possui sede corporativa em Dublin, na Irlanda e sedes operacionais em Nottingham, no Reino Unido; em Costa Mesa, na Califórnia e em São Paulo, Brasil.

Para mais informações, visite http://www.experianplc.com

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.