Últimas Notícias

Estudos de Inadimplência

Inadimplência retorna ao patamar verificado antes da crise

15/10/2009

A inadimplência do consumidor registra em setembro crescimento de 3,9%, em relação a igual mês do ano anterior. Foi a menor variação anual desde junho de 2008 (7,1%), cerca de três meses antes do início da crise econômica mundial. Segundo o Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor, a recuperação econômica mostra que a inadimplência está retornando ao período antes da crise, quando o país apresentava elevado crescimento econômico.

Na relação mensal, setembro contra agosto de 2009, a inadimplência do consumidor caiu 1,7%, registrando a segunda queda mensal consecutiva. Este resultado aponta que, mês a mês, a recuperação da economia vem se consolidando. De acordo com os analistas da Serasa Experian, a queda dos juros, a recuperação do emprego formal e da massa de rendimentos e a renegociação de dívidas estão dando a oportunidade para o consumidor reorganizar sua situação financeira.

Já na comparação entre os períodos acumulados de janeiro a setembro 2009/2008, o indicador apontou crescimento de 8,9%, representando a segunda menor alta em 2009. A atual trajetória de redução da taxa de desemprego e a atividade econômica em expansão deverão continuar determinando quedas contínuas da inadimplência do consumidor, segundo os analistas.

Dívidas com bancos lideram ranking

As dívidas com bancos lideraram o ranking de representatividade da inadimplência do consumidor, no período de janeiro a setembro de 2009, com uma participação no indicador de 44,4%. No mesmo período do ano anterior este percentual foi de 43,2%.

Em seguida estão as dívidas com cartões de crédito e financeiras, representando 36,3% de janeiro a setembro deste ano. No acumulado de 2008, a participação da mesma modalidade foi de 32,9%.

Em terceiro lugar, aparecem os cheques sem fundos, com 17,3% no acumulado até setembro de 2009. No mesmo período de 2008, a participação no indicador foi de 21,8%.

Encerram o ranking os títulos protestados, que nos nove primeiros meses do ano representaram 1,9%. De janeiro a setembro do ano passado, este percentual foi de 2,2%.

Cai o valor médio das dívidas com os bancos

De janeiro a setembro de 2009, em comparação com igual período do ano anterior, as dívidas com os bancos apresentaram queda de 2,5%, na média. Os cartões de crédito e financeiras também apontaram declínio de 10,5%. Já os títulos protestados e os cheques sem fundos registraram crescimento de 16,2% 42,3%, respectivamente (veja tabela abaixo).

Modalidades de Inadimplência

Valor médio das dívidas Jan-Set / 08

Valor médio das dívidas Jan-Set / 09

Percentual

Dívidas com os Bancos

R$ 1.371,35

R$ 1.337,35

-2,5%

Cartões de Crédito e Financeiras

R$ 409,08

R$ 366,31

-10,5%

Títulos Protestados

R$ 951,99

R$ 1.106,08

16,2%

Cheques sem Fundos

R$ 677,64

R$ 963,98

42,3%

Metodologia do Indicador

O Indicador Serasa Experian de Inadimplência do Consumidor, por analisar eventos ocorridos em todo o Brasil, reflete o comportamento da inadimplência em âmbito nacional. O modelo estatístico de múltiplas variáveis considera as variações registradas no número de cheques sem fundos, títulos protestados, dívidas vencidas com instituições financeiras e cartões de crédito e financeiras.

A Serasa Experian facilita mais de 4 milhões de negócios por dia, para cerca de 400 mil clientes diretos ou indiretos. Em 2007, a Serasa – criada em 1968 –, uniu-se à Experian Company, líder mundial no mercado de informações, trazendo para o Brasil a experiência de mercados mais maduros. Hoje a nova marca Serasa Experian ampliou a oferta ao mercado brasileiro com modernas e inovadoras ferramentas para apoiar seus clientes em todas as etapas do negócio, desde a prospecção até a cobrança.

Serasa Experian

A Serasa Experian é líder na América Latina em serviços de informações para apoio na tomada de decisões das empresas. No Brasil, é sinônimo de solução para todas as etapas do ciclo de negócios, desde a prospecção até a cobrança, oferecendo às organizações as melhores ferramentas. Com profundo conhecimento do mercado brasileiro, conjuga a força e a tradição do nome Serasa com a liderança mundial da Experian. Criada em 1968, uniu-se à Experian Company em 2007. Responde on-line/real-time a 4 milhões de consultas por dia, auxiliando 400 mil clientes diretos e indiretos a tomar a melhor decisão em qualquer etapa de negócio. É a maior Autoridade Certificadora do Brasil, provendo todos os tipos de certificados digitais e soluções customizadas para utilização da tecnologia de certificação digital e de Notas Fiscais Eletrônicas (NF-e), tornando os negócios mais seguros, ágeis e rentáveis.

Constantemente orientada para soluções inovadoras em informações para crédito, marketing e negócios, a Serasa Experian vem contribuindo para a transformação do mercado de soluções de informação, com a incorporação contínua dos mais avançados recursos de inteligência e tecnologia.

Experian

A Serasa Experian é parte do grupo Experian, líder mundial em serviços de informação, fornecendo dados e ferramentas de análise a clientes em mais de 65 países. A empresa auxilia os clientes no gerenciamento do risco de crédito, prevenção a fraudes, direcionamento de campanhas de marketing e na automatização o processo de tomada de decisão. A Experian plc também apóia pessoas físicas no gerenciamento de suas relações de crédito e na proteção a fraudes de identidade.

A Experian plc está registrada na Bolsa de Valores de Londres (EXPN) e compõe o índice FTSE 100, que é o principal indicador do desempenho médio das cotações da Bolsa de Londres. A receita total para o ano fiscal encerrado em 31 de março de 2009 foi de US$ 3,9 bilhões. A empresa emprega cerca de 15.000 pessoas em 40 países e possui sede corporativa em Dublin, na Irlanda e sedes operacionais em Nottingham, no Reino Unido; em Costa Mesa, na Califórnia e em São Paulo, Brasil.

Para mais informações, visite http://www.experianplc.com

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.