Últimas Notícias

Pesquisas Serasa de Perspectiva Empresarial

Expectativas para o Dia dos Namorados são as piores desde 2006

01/06/2009

Apesar dos recentes sinais de recuperação da atividade
econômica, no que diz respeito ao varejo nacional uma retomada mais firme
somente deverá acontecer a partir do segundo semestre de 2009. A Pesquisa
Serasa Experian de Expectativa Empresarial, realizada com 1.010 executivos do
varejo nacional, revela que para 70% deles o faturamento do Dia dos Namorados,
a última data de forte apelo comercial deste primeiro semestre, deverá recuar
(28% das repostas) ou ficar estável (42% das respostas) em relação à mesma data
de 2008. Somente para 30% dos empresários entrevistados as vendas deste ano
superarão a marca registrada no ano passado.

 

É importante notar que o percentual
dos mais otimistas, ou seja, daqueles que acreditam em elevação do faturamento
(30% nesta pesquisa) caiu 4 pontos percentuais em comparação ao que foi
verificado no Dia das Mães (naquela ocasião, 34% dos entrevistados esperavam
alta do faturamento em relação à mesma data comemorativa de 2008), mostrando
que o fraco desempenho registrado nas vendas do Dia das Mães de 2009 afetou
negativamente o grau de otimismo do setor varejista para o Dia dos
Namorados.

 

Estas expectativas de vendas mais
mornas para o Dia dos Namorados devem-se, basicamente, às pequenas empresas
(somente 28% delas acreditam em alta do faturamento neste ano)
. Já para as médias e grandes empresas do varejo as expectativas de
alta são melhores: 38% no caso das médias e 39% para as grandes
empresas.

 

Na análise regional, as regiões
Nordeste, Norte e Sudeste são as mais otimistas para as venda do Dia dos
Namorados de 2009. Pelo menos, 36% dos empresários varejistas nordestinos
aguardam crescimento das vendas neste ano em comparação com a mesma data de
2008. No Norte e Sudeste estes percentuais são de 33% e 32%, respectivamente. O
peso da atividade industrial nestas regiões em detrimento do setor de
agronegócio (mais relevante para Sul e Centro-Oeste) explica estas diferenças
regionais já que os primeiros sinais de recuperação econômica estão sendo
emitidos pelo setor industrial (setor automotivo, eletrodomésticos etc.), ao
contrário do que tem ocorrido com o agronegócio (quebras de safras por fatores
climáticos e preços de commodities ainda depreciados).

 

Os presentes apontados pelos
varejistas como os mais demandados neste Dia dos Namorados 2009 serão celulares
(25%), Roupas/Cintos/Sapatos/Tênis/Acessórios (24%), Flores (18%) e
Perfumes/Cosméticos (13%)

 

As vendas à vista representarão 52%
das vendas e as a prazo 48% no Dia dos Namorados 2009. As vendas à vista serão
compostas por: dinheiro (42%), cartão de crédito (21%), cheque (18%), cartão de
débito (17%) e cartão da própria loja (2%). Na modalidade a prazo, estão cartão
de crédito parcelado (40%), cheque pré-datado (35%), financiamento/crediário
(19%), cartão de débito parcelado (4%) e cartão da própria loja parcelado
(2%).

 

Metodologia

 

A Pesquisa Serasa Experian de
Expectativa Empresarial para o Dia dos Namorados 2009 foi feita pela Serasa
Experian entre os dias 13 e 19 de maio de 2009, com 1.010 executivos do setor
do comércio de todo o país. A pesquisa para o Dia dos Namorados realizada pela
Serasa Experian começou a ser desenvolvida em 2006. Trata-se de um levantamento
estatístico com uma amostra de empresas representativas do setor do comércio,
dos portes pequeno, médio e grande e das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste,
Sudeste e Sul.

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.