Últimas Notícias

Estudos de Inadimplência

Abrandamento da crise faz inadimplência com cheques perder fôlego em abril, revela Serasa Experian

20/05/2009

Nos quatro primeiros meses de 2009, em comparação com o
mesmo período do ano anterior, o volume de cheques devolvidos a cada mil
compensados cresceu 16,5%, conforme revela o Indicador Serasa Experian de
Cheques Sem Fundos
. De janeiro a abril deste ano, foram devolvidos 23,3
cheques a cada mil compensados, enquanto nos quatro primeiros meses de 2008,
foram 20 devoluções para cada mil compensações. No total, foram devolvidos 9,63
milhões de cheques no primeiro quadrimestre de 2009, e compensados 413,99
milhões. Em 2008, em igual período, houve 9,49 milhões de devoluções de
cheques, e 473,73 milhões de compensações.

O indicador também apontou alta na variação anual (abril de
2009 sobre abril de 2008). Segundo o levantamento, em abril de 2009 houve 22,2
devoluções de cheques a cada mil compensações, 6,2% a mais que as 20,9
observadas no quarto mês de 2008. No total, foram devolvidos em abril deste ano
2,27 milhões de cheques, e compensados 102,50 milhões. Em abril de 2008, por
sua vez, 2,38 milhões de cheques retornaram por falta de fundos, e 114,12
milhões foram compensados.

Para os técnicos da Serasa Experian, o
crescimento de 6,2% na quantidade de cheques devolvidos por mil compensados no
mês de abril de 2009 em relação ao mesmo mês do ano passado, reflete ainda os
efeitos nocivos da crise financeira internacional sobre a atividade econômica,
gerando desequilíbrios tanto no fluxo de caixa das empresas como no orçamento
doméstico. Todavia, esta alta verificada em abril foi sensivelmente menor que a
verificada ao longo do primeiro trimestre de 2009 (19,2% sobre o mesmo período
de 2008), sinalizando um início de abrandamento dos efeitos da crise sobre a
inadimplência com cheques.

Já na variação mensal (abril de 2009
sobre março último), o volume de cheques devolvidos a cada mil compensados
recuou 9,8%, após ter apresentado o maior patamar em 18 anos. No terceiro mês
de 2009, foram 24,6 devoluções de cheques a cada mil compensações. Na ocasião,
foram devolvidos, ao todo, 2,75 milhões de cheques, enquanto 112,12 milhões
foram compensados.

Segundo os especialistas, a queda de
9,8% no volume de cheques devolvidos a cada mil compensados, observada na
relação de abril de 2009 sobre março deste ano, deve-se aos
efeitos sazonais, tendo em vista que em abril encerra-se o período
de acúmulo de compromissos do início do ano (IPTU, IPVA, material escolar,
pagamentos com compras efetuadas nos finais de ano etc.).

 

Nos Estados brasileiros

Veja abaixo o ranking de cheques
devolvidos a cada mil compensados no 1º quadrimestre de 2009, por
Estado.

 

 

 

 

ESTADOS/REGIÕES

JAN- ABR/2009

1

Acre

94,9

2

Maranhão

92,4

3

Roraima

92,1

4

Amapá

86,8

5

Sergipe

83,1

6

Tocantins

65,4

7

Rio Grande do Norte

60,9

8

Piauí

60,1

9

Paraíba

57,2

10

Pará

56,5

11

Alagoas

53,0

12

Mato Grosso

44,2

13

Rondônia

40,8

14

Amazonas

34,3

15

Bahia

33,7

16

Ceará

32,4

17

Distrito Federal

31,0

18

Goiás

29,6

19

Espírito Santo

26,3

20

Rio Grande do Sul

25,5

21

Mato Grosso do Sul

24,1

21

Pernambuco

24,1

 

Brasil

23,3

22

Minas Gerais

21,8

23

Paraná

21,0

24

Santa Catarina

20,2

25

Rio de Janeiro

19,1

26

São Paulo

18,1

 

 

 

1

REGIÃO NORTE

52,9

2

REGIÃO NORDESTE

38,2

3

REGIÃO CENTRO-OESTE

31,2

4

REGIÃO SUL

22,4

5

REGIÃO SUDESTE

19,3

 

 

 

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.