Últimas Notícias

Estudos Econômicos

Diminui ritmo de crescimento do varejo em março

06/04/2009

A atividade do comércio varejista
nacional cresceu 3,6% em março, na comparação com o mesmo mês de 2008, segundo
o Indicador Serasa Experian de Atividade do Comércio.

Na comparação anual, isto é, em relação ao mesmo mês do ano
anterior, março de 2009 marcou a terceira desaceleração consecutiva da
atividade varejista, uma vez que a alta de fevereiro havia sido de 3,9%, e de
5,1% em janeiro, sempre neste mesmo critério de comparação.

De acordo com o indicador da Serasa Experian, a alta da
atividade comercial de 3,6% em março/09 foi liderada pelo setor de veículos,
motos e peças (+11,3%), seguida pelo segmento de móveis, eletroeletrônicos e
informática (+9,2%). O varejo de combustíveis e lubrificantes teve alta de
2,3%; tecidos, vestuários, calçados e acessórios apresentou elevação de 1,6%; e
os supermercados, hipermercados, alimentos e bebidas registraram alta de 0,4%.
Já o setor de material de construção registrou recuo de 6,8%.

No acumulado do primeiro trimestre de 2009, o setor de
móveis, eletroeletrônicos e informática, com alta de 8,8% em relação ao 1º
trimestre de 2008, e o ramo de veículos, motos e peças, com elevação de 7,7%,
foram os destaques no crescimento agregado de 4,2% registrado pela atividade
comercial. Na ponta negativa destacaram-se os setores de tecidos, vestuários,
calçados e acessórios e de material de construção, com quedas de 1,8% e de
8,1%, respectivamente.

O Indicador Serasa
Experian de Atividade do Comércio
analisa eventos
ocorridos em todo o Brasil e reflete
a evolução da
atividade do
comércio varejista em âmbito nacional.
O
indicador considera as
consultas registradas à base de dados da Serasa Experian de aproximadamente
6.000 empresas comerciais
.

O ponto de partida e ferramental exclusivo é o banco de
dados da Serasa Experian,
maior empresa do Brasil de
informações para todo o ciclo de negócio.
A Serasa
Experian é a única organização com registros de todos os segmentos econômicos
do país.

Com a metodologia de cálculo do PIB, apresentada pelo IBGE
em 2007, o comércio passou a ser, individualmente, o setor com maior
participação na geração do valor adicionado da economia brasileira, respondendo
por 11% e, neste sentido, é de fundamental importância que se disponha de mais
indicadores, destinados a mensurar com precisão, robustez e presteza a evolução
deste importante setor da atividade econômica do país. O novo indicador da
Serasa Experian tem periodicidade mensal e n
asce sob a
marca Serasa Experian, que conjuga a força do nome Serasa no mercado brasileiro
com a liderança mundial da Experian.

A Experian é líder global no mercado de informações,
atuante em mais de 65 países de todos os continentes. Adquiriu o controle
acionário da Serasa em junho de 2007. A partir da consumação do negócio, as
duas empresas integraram pessoas, expertises, soluções e agora apresentam uma
marca que representa uma identidade única. Uma já tinha amplo e profundo
conhecimento do mercado brasileiro; a outra veio com experiência de atuação em
mercados mais maduros. Hoje, a Serasa Experian oferece as mais modernas e
inovadoras soluções de informação para apoiar validação de dados, decisões de
crédito e de marketing direto, a empresas de todos os segmentos da economia, e
de todos os portes.

Os 400 mil clientes da Serasa Experian, que demandam cerca
de 4 milhões de consultas por dia, em todo o Brasil, para realizar seus
negócios com segurança, continuam contando, mais do que nunca, com a tradição,
o pioneirismo e a sólida credibilidade da maior empresa do mercado de soluções
de informações da América Latina.

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.