Últimas Notícias

Estudos de Inadimplência

Cheques sem fundos aumentam 1,6% em janeiro em relação a dezembro, revela estudo da Serasa

20/02/2008

O volume de cheques devolvidos por falta de fundos aumentou 1,6% em janeiro
de 2008 ante dezembro de 2007, com 19 cheques devolvidos duas vezes por
insuficiência de fundos a cada mil compensados. Em dezembro de 2007 foram 18,7
cheques devolvidos por mil compensados. Em relação a janeiro de 2007, quando
foram devolvidos 18,8 documentos a cada lote de mil, verifica-se um incremento
de 1,1%.

Em janeiro de 2008 foram compensados 128,384 milhões de cheques, dos quais
2,440 milhões devolvidos duas vezes por falta de fundos. Em janeiro de 2007
foram contabilizados 141,956 milhões de documentos compensados, contra 2,671
milhões de cheques devolvidos. Verifica-se um redução de 10,5% na quantidade de
cheques compensados em janeiro deste ano contra janeiro de 2007. Quanto aos
cheques devolvidos, a queda foi de 8,6% entre os mesmos períodos.

Comparando-se a quantidade de cheques compensados em janeiro de 2008 com o
mês anterior, constata-se um aumento de 4,5%. Em dezembro último as câmaras de
compensação processaram 122,820 milhões de cheques.

Análise

A elevação do número de cheques devolvidos, que vinha até então registrando
seguidas quedas, é atribuída ao maior comprometimento do orçamento das famílias
com o pagamento de despesas sazonais neste início de ano (IPVA, IPTU, material
escolar etc), além das prestações de compras a prazo, financiamentos e
consignado. A renda disponível da população também foi negativamente afetada
pelo maior dispêndio com alimentação, em função da alta de preços dos alimentos
desde o segundo semestre de 2007.

Mesmo com o crescimento da renda e do emprego formal (com carteira assinada)
em 2007, o consumidor inicia 2008 com dificuldades para honrar seus
compromissos. A resposta do consumidor às datas comemorativas do varejo (Dia
das Crianças etc) em 2007, com parcelamento das compras em prazos mais longos e
relaxamento nos critérios de concessão de crédito, facilitou o acúmulo de
dívidas.

O crescimento do crédito não tem sido acompanhado pela necessária evolução
das informações positivas. Com a aprovação do Cadastro Positivo, essas
informações poderão ser consideradas e contribuirão para evitar a continuidade
do crescimento da inadimplência.

Nos Estados brasileiros

*Veja abaixo o ranking de cheques devolvidos a cada mil compensados,
em janeiro de 2008, por Estado.

ESTADOS/REGIÕES – JAN 2008

1 AMAPÁ 97,7

2 RORAIMA 81,0

3 MARANHÃO 56,8

4 ACRE 55,2

5 TOCANTINS 47,0

6 SERGIPE 43,7

7 ALAGOAS 41,6

8 PARAÍBA 40,7

9 RIO GRANDE DO NORTE 39,6

10 PARÁ 38,9

11 PIAUÍ 35,7

12 MATO GROSSO 35,4

13 RONDÔNIA 29,8

14 AMAZONAS 28,8

15 BAHIA 28,0

16 DISTRITO FEDERAL 27,0

17 CEARÁ 23,2

18 GOIÁS 22,0

19 ESPÍRITO SANTO 21,2

20 – RIO GRANDE DO SUL 20,4

BRASIL 19,0

21 MATO GROSSO DO SUL 18,3

22 PERNAMBUCO 18,2

23 RIO DE JANEIRO 18,1

24 MINAS GERAIS 17,8

24 SANTA CATARINA 17,8

25 PARANÁ 17,3

26 SÃO PAULO 14,8

Regiões

1 REGIÃO NORTE 38,4

2 REGIÃO NORDESTE 28,6

3 REGIÃO CENTRO-OESTE 24,4

4 REGIÃO SUL 18,6

5 REGIÃO SUDESTE 16,1

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.