Últimas Notícias

Produtos

Perdas decorrentes de fraudes mercantis caem em 2007 no Brasil

28/01/2008

No ano de 2007, o montante de perdas provenientes de fraudes contra empresas
caiu 23%, em comparação com o mesmo período do ano anterior, saindo de R$155,5
milhões para R$ 119,6 milhões, de acordo com os sistemas antifraudes da
Serasa.

As regiões com maior número de empresas fraudadoras são a Sudeste, com
41,2%, seguida da Sul, com 23,0%. Essas duas regiões concentraram cerca de 64%
das empresas praticaram fraudes, no ano de 2007.

Os segmentos mais freqüentemente utilizados para tentativas de aplicação de
fraudes identificadas nesse período, de acordo com Thais Antoniolli, gerente de
produtos da Serasa, foram comércios de produtos alimentícios, de confecção, de
material de construção, de equipamentos de informática, de autopeças e
acessórios, supermercados e hipermercados, representando, no conjunto, 50% do
total de alertas confirmados pela equipe de Análise de Fraudes da Serasa.
“Esses segmentos têm em comum a facilidade de revenda de seus produtos, sendo
por isso muito procurados pelas quadrilhas”, afirma a gerente.

Para Thais Antoniolli, a queda no montante de perdas revela maior eficiência
dos sistemas antifraudes Serasa disponibilizados a seus clientes. Nesse mesmo
período, as ferramentas de prevenção de fraudes da Serasa detectaram um número
79,9% maior de tentativas de fraude, evitando que cerca de 16 mil clientes
diretos fossem alvo dessa prática.

A parceria da Serasa com seus clientes resultou em 452 denúncias de
suspeitas de fraudes pelo Canal de Alerta, das quais 52% foram confirmadas.

É relevante observar a combinação de sinais que as empresas golpistas
apresentam em seu comportamento, como aumento súbito do volume de consultas,
troca de sócios, endereço e/ou ramo de atividade, assim como a pressa em fechar
o negócio e retirar a mercadoria, comenta Thaís. Vale ressaltar que para
identificar esses sinais é necessário conhecer a forma de atuação dessas
empresas, bem como os diferentes tipos de golpes aplicados para não proceder
com base em análises equivocadas, cortando o crédito de empresas idôneas. No
entanto, manter uma estrutura de análise de fraudes para prevenção de prejuízos
necessita de investimentos, que muitas vezes as empresas não realizam.

Para auxiliar as empresas na prevenção a negócios fraudulentos, a Serasa
conta com uma equipe altamente especializada em processos de modelagem
matemática de dados e detecção de fraudes.

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.