Últimas Notícias

Estudos de Inadimplência

Queda das falências reflete melhora da atividade econômica do país em 2007, indica Serasa

10/10/2007

Os pedidos de falências de empresas registraram a nona queda consecutiva no
ano, aponta levantamento da Serasa. De janeiro a setembro, foram requeridas
2.141 falências, em todo o país, enquanto nos nove meses de 2006, o total de
requerimentos foi 3.205, o que significou um recuo de 33,2%.

No acumulado dos nove meses de 2007 também houve queda no volume de
falências decretadas. O decréscimo foi de 25,2% no período, sendo que de
janeiro a setembro deste ano, foram decretadas 1.175 falências, contra 1.570 no
acumulado do ano passado.

Quanto às recuperações judiciais requeridas, foram 208 nos nove meses de
2007, ante 190 no mesmo período de 2006, representando uma alta de 9,5%. As
deferidas totalizaram 152 no acumulado de janeiro a setembro de 2007. No ano
passado, houve 118 deferimentos. A alta foi de 28,8% no período.

As recuperações judiciais concedidas foram 10 no acumulado de janeiro a
setembro de 2007. No mesmo período de 2006, houve 5 concessões, o que
significou um aumento de 100%. De acordo com a Serasa, os pedidos de
recuperação extrajudicial foram 6 nos nove meses de 2007 e 1 recuperação
extrajudicial foi homologada. De janeiro a setembro de 2006, houve 1
requerimento de recuperação extrajudicial e nenhuma homologação.

Em setembro de 2007

O volume de falências requeridas caiu 57% em setembro de 2007, quando
comparado a setembro de 2006, em todo o país. De acordo com o levantamento da
Serasa, houve 181 pedidos de falência no nono mês deste ano, ante 421 no mesmo
período do ano passado.

As falências decretadas também recuaram em setembro de 2007. Foram
registrados 125 eventos, em todo o país, no mês, enquanto em setembro de 2006,
as falências decretadas totalizaram 141 eventos. A queda verificada foi de
11,3%.

Segundo a Serasa, maior empresa do Brasil em pesquisas, informações e
análises econômico-financeiras para apoiar decisões de crédito e negócios, em
setembro de 2007 foram registrados 21 pedidos de recuperação judicial, contra
19 requerimentos em setembro de 2006, o que significou uma alta de 10,5%. Não
houve pedido ou homologação de recuperação extrajudicial no nono mês deste e do
ano passado.

Já as recuperações judiciais deferidas foram 14 em setembro deste ano,
enquanto em setembro de 2006, foram deferidas 20 recuperações judiciais,
representando um recuo de 30% nos eventos no período. No nono mês deste ano e
do ano passado, não houve nenhuma recuperação judicial concedida.

Recuperação judicial já é uma alternativa à falência

Segundos os técnicos da Serasa, os fatores que proporcionaram a queda das
falências e o aumento das recuperações no período foram o crescimento da
atividade econômica, determinado pelo bom desempenho da indústria e do
comércio, e a recuperação do Agronegócio, que elevou a rentabilidade das
empresas do setor.

A Nova Lei de Falências também influenciou o indicador, já que as empresas
que passam por dificuldades financeiras ao invés de pedirem falência entram com
o processo de recuperação judicial, garantindo a continuidade dos negócios.

Vale destacar que as empresas continuam sendo penalizadas pelos juros ainda
elevados e pela inadimplência de fornecedores e clientes, gerada em negócios
que não utilizam critérios adequados para concessão de crédito e gerenciamento
do risco.

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.