Últimas Notícias

Pesquisas Serasa de Perspectiva Empresarial

Dia dos Namorados 2007 terá aumento de vendas e de cada 4 presentes 1 será celular, de Norte a Sul

08/06/2007

O otimismo dos empresários para o Dia dos Namorados em 2007 cresceu em
relação à Pesquisa Serasa de Perspectiva Empresarial realizada em 2006, quando
foi iniciado o levantamento para o Dia dos Namorados. A Pesquisa Serasa de
Perspectiva Empresarial – Dia dos Namorados 2007 foi feita pela Serasa entre os
dias 7 e 15 de maio de 2007, com 1.010 executivos do setor do comércio de todo
o país.

A pesquisa para o Dia dos Namorados realizada pela Serasa, que há 38 anos
contribui para a evolução econômico-financeira do Brasil, começou a ser
desenvolvida em 2006. Trata-se de um levantamento estatístico com uma amostra
de empresas representativas do setor do comércio, dos portes pequeno, médio e
grande e das regiões Norte, Nordeste, Centro-Oeste, Sudeste e Sul.

Vendas sobem

A maior parte do empresariado brasileiro do comércio, 47%, espera aumentar o
volume de vendas registrado no Dia dos Namorados de 2006. Na Pesquisa de
Perspectiva Empresarial – Dia dos Namorados 2006, esse percentual otimista era
41%. A perspectiva de queda também melhorou muito. Este ano, 10% acreditam em
recuo das vendas, contra 33% em 2006. O número de empresários que confiam na
estabilidade das vendas aumentou. Este ano, são 43%, contra 26% no ano
passado.

De acordo com a pesquisa de 2007, as grandes empresas do setor continuam
sendo as mais otimistas, 61% delas apostam em crescimento das vendas. Em 2006,
esse percentual era 44%. As pequenas, assim como no ano passado, confiam menos
em melhores resultados, contam com 45% de crescimento e 44% de estabilidade,
além da maior perspectiva de queda (11%).

Na análise regional, o Nordeste e o Sul lideram a lista das regiões
otimistas. Em 2006, o posto era da região Norte. Pelo menos 50% dos
entrevistados do Nordeste e 49% do Sul estão convencidos de que o volume de
vendas será maior este ano, seguidos pelo Norte e pelo Centro-Oeste, ambas com
47%. A região Sudeste continua como a menos confiante, 46% esperam alta e 45%
estabilidade.

Principal motivo para crescimento nas vendas

Este ano, pela primeira vez, a Pesquisa de Perspectiva Empresarial da Serasa
perguntou aos executivos sobre os principais motivos que sustentam a
expectativa de alta e de queda nas vendas e, ainda, quais produtos devem ser os
mais vendidos. Entre os principais motivos para o otimismo nas vendas, 66% dos
empresários destacaram, em respostas múltiplas, fatores microeconômicos e de
mercado como propaganda e promoção para a data; trabalhar com produtos que tem
a ver com a data; lançamento de novos produtos; estação do ano e os jogos
Panamericanos; desconto e preços menores, entre outros (veja tabela abaixo –
por porte e regional). Outros 37% apontam a conjuntura econômica, como aumento
da safra agrícola e suas conseqüências para a renda do consumidor e o
desenvolvimento regional; aumento da renda e emprego; taxa de juros menor,
entre outros.

Crédito favorece mais os grandes estabelecimentos

Segundo a pesquisa, 31% dos grandes estabelecimentos comerciais apontaram
que o principal fator de elevação das vendas para o Dia dos Namorados 2007 será
as melhores condições de financiamento (prazos mais longos, juros menores
etc.). Esse fator foi mencionado por apenas 7% dos médios estabelecimentos e
por 6% dos pequenos. Assim, o impulso proporcionado pelo crédito nas vendas do
varejo deve ser mais intenso nos grandes estabelecimentos do que nos pequenos e
médios.

Presente campeão: telefone celular

Quando perguntados sobre qual será o produto de maior procura e venda para o
Dia dos Namorados deste ano, um em cada 4 empresários (27%) de todo o Brasil
respondeu telefone celular. O percentual aumenta para 33% entre os de grande
porte. As regiões que mais respondem aos novos agregados tecnológicos do
celular são a Nordeste e a Sudeste, com 30% e 29%, respectivamente. Roupas,
bolsas e sapatos formam a segunda categoria de presente mais votado, por 24%
dos entrevistados. Perfume aparece em seguida, com 17% dos votos. A região
Centro-Oeste é a que mais aposta em perfumaria, 23%. Flores é o palpite de 12%
dos executivos. As regiões mais românticas são o Sul (17%) e a Norte (16%).
Jóias (bijuteria e relógios) foram citadas por 5% dos entrevistados. Mesmo
percentual cita o chocolate como presente preferido no Dia dos Namorados. Com
3% aparece CD/DVD, mesmo índice para eletrônicos. Outros presentes foram
citados por 5% dos empresários.

Faturamento fica estável

Quanto ao faturamento, no entanto, a maioria, 46% dos entrevistados,
acredita que vai repetir o Dia dos Namorados de 2006. No ano passado, eles eram
31%. Em 2007, 44% têm perspectiva de crescimento, contra 35% em 2006. Somente
10% dos empresários aguardam queda. Em 2006, eram 34%.

Segundo o levantamento da Serasa, as grandes empresas do setor são também as
mais otimistas em relação ao faturamento, 55% confiam em alta (42% em 2006),
enquanto 41% das pequenas empresas compartilham da mesma perspectiva para este
ano.

No faturamento, as regiões mais otimistas são a Norte, com 47% dos
empresários se preparando para crescimento, e a Nordeste e Sudeste, ambas com
46%. A menos confiante com o faturamento no Dia dos Namorados 2007 é a
Centro-Oeste. A região tem somente 38% dos empresários acreditando em aumento
do faturamento e 54% na estabilidade.

De acordo com a pesquisa, as formas de pagamento para as compras de Dia dos
Namorados este ano, devem ser, em média, 47% à vista e 53% a prazo.

As vendas à vista serão priorizadas por dinheiro, 41%, cheques, 24% e
cartões de crédito, 18%. Nas vendas a prazo, a maior parte das empresas do
comércio espera que predomine na hora do pagamento o cheque pré-datado (39%),
seguido pelo financiamento/crediário (28%) e cartões de crédito parcelado
(26%).

A Serasa divulga dois tipos de pesquisas a propósito do Dia Das Mães, Nível
de Atividade Econômica do Comércio: indicador baseado em dados reais das
consultas realizadas no banco de dados da Serasa, o único de alcance nacional
(pesquisa esta realizada também nas outras datas comemorativas relevantes para
o comércio); e a Pesquisa de Perspectiva Empresarial, a qual tem por objetivo
identificar as principais tendências da economia a partir do levantamento das
perspectivas dos empresários.

Veja a pesquisa
detalhada.

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.