Últimas Notícias

Estudos Econômicos

Dia das Mães impulsiona as vendas do comércio, aponta indicador nacional da Serasa

16/05/2006

O Indicador Serasa do Nível de Atividade do Comércio apontou uma alta de
5,23% nas vendas do comércio, em todo o país, na semana do Dia das Mães, de 08
a 14 de maio de 2006, em relação ao período equivalente de 2005 (02 a 08 de
maio).

Na cidade de São Paulo, a atividade econômica do comércio também cresceu no
mesmo período. O aumento registrado foi de 17,43%, bem superior ao verificado
no estudo do total do país.

Considerando o período de 1º a 14 de maio de 2006, foi registrada
estabilidade nas vendas do comércio em todo o país, quando comparadas ao
período de 25 de abril a 08 de maio de 2005. Na cidade de São Paulo,
entretanto, o índice de vendas aumentou 5,9% em relação ao mesmo período de
2005.

De acordo com os técnicos da Serasa, o aumento foi decorrente das promoções
do varejo, do crédito competitivo e da queda da temperatura em todo o
território nacional aliados ao estímulo de consumo gerado pela Copa do Mundo. O
comércio trabalhou com promoções que adequaram preços e facilidades de
pagamento – com postergação da entrada nos financiamentos e prazos mais longos
- às necessidades do consumidor, que ainda carrega o parcelamento assumido no
Natal, além dos gastos extraordinários, com viagens, nos feriados prolongados
de abril e início de maio.

Segundo os técnicos, como a segunda melhor data para o varejo, o Dia das
Mães de 2006 não decepcionou, na análise da semana da data, e superou as
expectativas empresarias, que se concentravam na estabilidade das vendas em
relação ao ano passado. As vendas da semana do Dia das Mães foram as maiores
responsáveis pelo desempenho do comércio, por conta do pagamento dos salários
no quinto dia útil do mês e das baixas temperaturas registradas no período.

Os locais que experimentaram desempenho menores nas vendas na data foram
aqueles que reúnem fatores conjunturais e estruturais adversos como: os
atingidos pela crise do agronegócio, os altamente dependentes da desvalorização
do real e os mais sensíveis às ainda elevadas taxas de juros.

De qualquer forma, fica evidente que o crédito está mantendo o bom
desempenho do varejo, sobretudo nas datas festivas. As expectativas do comércio
estão voltadas agora para o Dia dos Namorados, que vem conquistando uma
representação cada vez maior para o faturamento do varejo e que este ano ocorre
junto com a Copa do Mundo.

O Indicador Serasa do Nível de Atividade do Comércio tem como base uma
amostra das consultas realizadas no Banco de Dados da Serasa, o único de
alcance nacional. Foram consideradas as consultas realizadas no período de 08 a
14 de maio de 2006 e de 1° de maio a 14 de maio de 2006 e comparadas às
consultas realizadas no período de 02 a 08 de maio de 2005 e de 25 de abril a
08 de maio de 2005, respectivamente. A Serasa, maior empresa do Brasil em
pesquisas, informações e análises econômico financeiras para apoiar decisões de
crédito e negócios e referência mundial no segmento, recebe mais de 3,5 milhões
de consultas/dia feitas por todos os segmentos da economia, em todo o
território nacional.

O Indicador Serasa do Nível de Atividade do Comércio reflete o que
efetivamente ocorreu no comércio em todo o país. A Pesquisa de Perspectiva
Empresarial da Serasa, divulgada no mês passado, revelou as perspectivas de
líderes empresariais para a data, o que correspondeu à realidade nesta
apuração.

 

  • 2017 Serasa Experian. Todos os direitos reservados.